Área cultivada com canola em Não-Me-Toque vem desaparecendo

O cultivo de canola no município de Não-Me-Toque vem caindo gradativamente nos últimos anos e tende a desaparecer.


Depois de ter um momento de grande confiança dos produtores locais, tendo cerca de 400 hectares destinados a cultura que chegou a ser chamada de soja do inverno, a planta vem perdendo espaço e hoje sua área cultivada não passa de 50 hectares.


O motivo é a sensibilidade da planta, com dificuldades de plantio, manejo e colheita. Além disso a cultura não favorece com palhada a preparação das lavouras para as safras de verão.


5a4e2ef62da5ad73df7efe6e_edited.png
  • Instagram
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

© COPYRIGHT 2019, PORTALNMT

TERMO DE USO   |  PRIVACIDADE

WhatsApp-icone.png