top of page

0800 a serviço de estelionatários


Os golpes praticados com o uso de dados pessoais têm sido infelizmente comuns, exigindo que os titulares das informações redobrem suas atenções — inclusive desconfiando de chamadas telefônicas. Agora, a ousadia dos criminosos chega a um novo patamar: estão criando números falsos com o prefixo 0800, comumente utilizado por call centers.


Os estratagemas em torno do uso do 0800 são variados, buscando confirmar informações em torno da pandemia. Há, também, envio de mensagens SMS indicando que a vítima recebeu um suposto depósito via Pix — e direcionando um 0800 para mais esclarecimentos, ocasião em que os golpistas tentam obter inclusive senhas de cartões.


Mas como os criminosos conseguiram acesso a essas informações? Simples: inúmeros dados pessoais já vazaram, estando acessíveis aos mais variados infratores. Assim, imagine que você recebe uma ligação de 0800. O atendente solicita a confirmação de dados para continuar a chamada, informando os primeiros números do seu CPF, nome da mãe e mais. Seria difícil imaginar que é um golpe.


São tempos sombrios, em que o livre acesso de criminosos aos dados pessoais de milhões de brasileiros, somado à maior sofisticação dos golpistas, trazem um sentimento de desconfiança para cada interação. Diante disso, se antes já era preciso redobrar a atenção, hoje é necessário triplicá-la ou quadruplicá-la.


Instituições financeiras nunca solicitarão suas senhas por telefone ou outros meios. Se receber uma chamada suspeita, entre em contato com os canais oficiais. Diante de tais vazamentos, devemos estar alertas para preservar as poucas informações que ainda são sigilosas. Assim, você preservará sua integridade e evitará grandes prejuízos.


Advogado da Área Digital e Proteção de Dados do escritório SCA - Scalzilli Althaus


Comments


bottom of page