34 animais de rua recebem castração e identificação por chip em Não-Me-Toque

O Programa de Controle de Natalidade iniciou em 2019, com a aprovação da Lei Municipal,5154/2019. Inicialmente foram realizados os investimentos necessários para a identificação dos animais – microchips - nos aplicadores e leitores de microchips. Também foram realizadas reuniões, com os médicos-veterinários das clínicas, para, informar de como deveriam proceder para credenciar os estabelecimentos e realizar os serviços previstos. Como o ano de 2020, era ano eleitoral, a legislação eleitoral impedia a divulgação das ações previstas.


Assim mesmo, foram castrados e microchipados 9 fêmeas e 6 machos caninos, animais de rua que se encontravam em situação de abandono, que foram recolhidos e mantidos em lares temporários, até serem enviados para a ZOOMED, primeira clínica a se credenciar para realizar os trabalhos.


Em 2021, com o credenciamento da VETSELL, clínica estabelecida em Não-Me-Toque, foram Castrados mais 34 animais entre caninos e felinos, machos e fêmeas, também situação de abandono. Após as castrações, vários animais foram adotados, e ganharam um lar, saindo das ruas. Os demais, foram novamente soltos, e são considerados cães comunitários, sendo que muitos deles são alimentados por moradores ou empresários locais, que disponibilizam acesso a alimentação e água.


Nesse período, também foram realizados mais 15 atendimentos clínicos e cirúrgicos, em animais vítimas de atropelamento, envenenamento, maus tratos, queimaduras, onde em alguns casos mais graves, optou-se pela eutanásia, uma vez que não havia mais possibilidade de recuperação, pela gravidade das lesões.