top of page

“A Lava-Jato vive em cada brasileiro que acredita na honestidade e no País”, diz o ex-juiz Sérgio Moro

A Operação Lava-Jato completou dez anos neste domingo (17). Ela foi deflagrada pela Polícia Federal em 17 de março de 2014 para investigar um esquema de corrupção na Petrobras, conhecido como Petrolão.

Um dos principais personagens da operação, o ex-juiz e atual senador Sérgio Moro afirmou que a “Lava-Jato vive em cada brasileiro que acredita na honestidade e no Brasil”.

“A Lava-Jato vive em cada brasileiro que acredita na honestidade e no Brasil. Os tempos sombrios passarão, e a corrupção voltará a ser um crime em nosso País. A verdade está do nosso lado”, declarou Moro nas redes sociais.

O ex-procurador da República Deltan Dallagnol também se manifestou sobre o aniversário da operação. “São dez anos da Operação Lava-Jato: dez anos da operação que, pela primeira vez na história do Brasil, teve a coragem de colocar políticos corruptos na cadeia. Infelizmente, o STF preferiu retirá-los de lá, transformando o sonho de justiça em um mar de impunidade. Mas não devemos desistir do Brasil. Vamos, juntos, lutar para que os bandidos poderosos voltem para onde deveriam estar: atrás das grades”, afirmou o deputado federal cassado.

Críticas

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes criticou a operação. “Na verdade, a Lava-Jato terminou como uma verdadeira organização criminosa. Ela se envolveu em uma série de abusos de autoridades, desvio de dinheiro, violação de uma série de princípios, e tudo isso é de todo lamentável”, declarou.

“Eu acho que a Lava-Jato fez um mal enorme às instituições. Bem inspirada, talvez, no início, ela acabou produzindo uma série de distorções no sistema jurídico político. Por isso, o meu balanço é marcadamente negativo. Mas é claro que nós aprendemos da história, inclusive dos fatos negativos na vida dos povos, na vida das nações. Então, alguém sempre poderá dizer algo positivo. Nós aprendemos como não fazer determinadas coisas. E, nesse sentido, se pode até extrair aspectos positivos. O que a gente aprendeu? Eu diria em uma frase: não se combate o crime cometendo crimes”, disse Mendes.




Comments


bottom of page