top of page

Ao menos 14 prefeituras gaúchas decretaram situação de emergência devido aos estragos do ciclone

Até o fim da tarde dessa terça-feira (20), 14 municípios gaúchos haviam decretado situação de emergência devido aos danos causados pelos temporais da semana passada. Estão na lista Venâncio Aires, Três Cachoeiras, Gravataí, Caraá, Vale Real, Bom Princípio, Montenegro, Paverama, Portão, Feliz, Santa Maria Do Erval, Glorinha, Tupandi e Maquiné.

A prefeitura de Maquiné (Litoral Norte) foi a primeira a ter a medida homologada pelo governo do Rio Grande do Sul e reconhecida pelo Executivo federal. O sinal-verde é necessário à liberação de verbas para iniciativas destinadas a amenizar os impactos da catástrofe, causada pela passagem de um ciclone extratropical pelo Sul do País.

Nessa e em outras 54 cidades, a Defesa Civil estadual está presente inclusive com integrantes deslocados de regiões não atingidas severamente pelas chuvas. Eles ajudam tecnicamente na produção de documentos e agilização dos processos necessários para acelerar as medidas de ajuda humanitária e restabelecimento.

Reunião em Brasília

Em Brasília, o vice-governador Gabriel Souza se encontrou com o vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, que comanda interinamente o País durante viagem internacional do titular Luiz Inácio Lula da Silva (que está na Itália). O representante gaúcho detalhou a situação do Rio Grande do Sul após os temporais.

Ele também pediu apoio para reativação de serviços públicos nos setores de educação e saúde, além da reconexão de comunidades isoladas devido à destruição de estradas e pontes. Alckmin, por sua vez, garantiu a disponibilização das verbas necessárias.

“O presidente em exercício ficou muito impressionado com o que viu”, relatou Gabriel. “Deixamos com ele nossa apresentação, que contém imagens, vídeos e dados, e ele determinou imediatamente que os ministérios envolvidos ajam com máxima atenção para liberar de forma imediata os recursos.”

Gabriel também se reuniu com o diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Fabricio Galvão, para tratar da interdição de trecho da rodovia federal BR-116 nas imediações de Nova Petrópolis (Serra Gaúcha). O órgão já iniciou os trabalhos de recomposição do trecho.

A última agenda do dia foi cumprida na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Nesta quarta-feira (21), será a vez do governador Eduardo Leite desembarcar em Brasília. Ele dará sequência ao diálogo com as pastas do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Transportes e Integração e Desenvolvimento Regional.


Comments


bottom of page