top of page

Apoiadores de Jair Bolsonaro bloqueiam rodovias como forma de manifesto

Em alguns pontos, protestos não chegaram a prejudicar o fluxo de veículos

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), derrotado na eleição deste domingo (30), realizam manifestações em rodovias de diferentes Estados. No Rio Grande do Sul, bloqueios totais e parciais foram confirmados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e pelo Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM).


Segundo o balanço da PRF divulgado às 7h35min, há registro de protesto com bloqueios nas seguintes rodovias federais no Estado:


BR-285, km 460, em Ijuí, no acesso a Cruz Alta-RS (trânsito fluindo pelas alças) BR-470, km 225, em Garibaldi BR-158, km 157, em Panambi BR-153, km 53, em Erechim BR-116, km 40, em Vacaria BR-285, km 496, em Entre Ijuís, entroncamento RS 344

Já nas rodovias estaduais, o levantamento do CRBM das 6h45min aponta para interdição nos seguintes pontos:

RS-463, km 30, em Tapejara RS-122, km 66, em Caxias do Sul RS-122, km 96, em Flores da Cunha LEIA MAIS Os desafios e as propostas de Lula Por que Bolsonaro perdeu a eleição

A BR-116, em São Leopoldo, no Vale do Sinos, chegou a ser totalmente bloqueada, nos dois sentidos, mas começou a ter pontos liberados ao longo da madrugada. Por volta das 6h, os manifestantes se concentraram no acostamento. Às 7h30min, a rodovia estava totalmente liberada, conforme a PRF.

Na BR-470, no ponto conhecido como Posto do Avião, em Garibaldi, na serra gaúcha, os dois sentidos da rodovia estão com fluxo bloqueado por manifestantes — há veículos em ambas as pistas interrompendo a passagem. Equipes da PRF e do Comando Regional de Polícia Ostensiva da Serra (CRPO-Serra) estão no local.

Outros Estados registram manifestações em rodovias. Em Santa Catarina, conforme a PRF, os protestos acontecem em ao menos nove pontos da BR-101, em três da BR-470, em dois da BR-116, em dois na BR-280, além de um na BR-153 e na BR-282.

De acordo com o Portal NSC Total, em Palhoça, na Grande Florianópolis, uma manifestação ocorre desde a noite de domingo e situação persiste ainda pela manhã de segunda-feira (31). Tanto as vias principais quanto as marginais estão bloqueadas no km 216, na região do Aririú, conexão com a BR-282, em direção à Serra Catarinense. As filas no local chegam a três quilômetros.



Fonte: Gaúcha ZH

bottom of page