top of page

Bolsa brasileira fecha acima dos 133 mil pontos pela primeira vez na história; dólar cai ao menor nível desde agosto

O Ibovespa, principal índice acionário da bolsa de valores brasileira, a B3, encerrou em alta nesta terça-feira (26) e superou os 133 mil pontos pela primeira vez na história, atingindo um novo recorde.

Ao longo da sessão, investidores repercutiram a divulgação do último Boletim Focus deste ano. A publicação mostrou, mais uma vez, redução nas expectativas para a inflação de 2023 e 2024. As projeções para o preço do dólar também caíram.

A bolsa brasileira subiu 0,59%, aos 133.533 pontos. Na última sexta-feira (22), o índice fechou com alta de 0,43%, aos 132.753 pontos, renovando seu maior patamar histórico pelo segundo dia consecutivo. Com o resultado, passou a acumular ganhos de 1,96% na semana; 4,26% no mês; e 20,98% no ano.

Nesta semana, a última do ano e com menor volume de negócios, o mercado ainda aguarda algumas divulgações importantes, com destaque para dados de inflação e emprego no Brasil e da atividade econômica nos Estados Unidos.

No mesmo cenário, o dólar fechou em baixa e atingiu o menor patamar desde agosto. A moeda norte-americana caiu 0,79%, cotado a R$ 4,8220, no menor patamar desde 2 de agosto, quando fechou em R$ 4,8039. Na última sexta, fechou em baixa de 0,54%, vendida a R$4,8606. Com o resultado, passou a acumular quedas de 1,90% no mês e 8,64% no ano.


POR O SUL



bottom of page