top of page

Bombeiros revelam medidas para evitar incêndios domiciliares ao utilizar equipamentos de aquecimento

Créditos: João Victor Lopes/Rádio Uirapuru


O inverno é sinônimo de estufas, secadoras e outros equipamentos que aquecem o lar. No entanto, o clima úmido e o uso intenso destes produtos pode favorecer incêndios. Quais as recomendações do Corpo de Bombeiros para evitar estes problemas? Para responder esta pergunta, a Rádio Uirapuru conversou com o comandante dos Bombeiros de Passo Fundo, primeiro-sargento Márcio Maggioni.


Segundo o primeiro-sargento Márcio Maggioni, a primeira recomendação é sempre verificar se os equipamentos estão em boas condições de funcionamento e se possuem certificações de segurança adequadas. É essencial realizar manutenções regulares e garantir que não haja fios desencapados ou danificados. Além disso, é importante utilizar esses equipamentos de acordo com as instruções do fabricante.


Conforme Maggioni, é preciso estar atento às sobrecargas em tomadas com o uso de adaptadores múltiplos ou extensões, pois isso pode causar superaquecimento e incêndios. Também é necessário certificar-se de que a rede elétrica suporte a carga necessária e evitar ligar vários aparelhos potentes na mesma tomada.


O comandante Maggioni também enfatiza a importância de manter uma distância segura entre os equipamentos de aquecimento e qualquer material combustível, como cortinas, móveis, roupas e tapetes. De acordo com ele, é preciso evitar deixar esses aparelhos próximos a objetos inflamáveis e sempre mantê-los afastados de crianças e animais de estimação.


Segundo Maggioni, é essencial que os ambientes sejam ventilados adequadamente, especialmente quando se utiliza secadoras, para evitar o acúmulo de gases ou vapores inflamáveis. Ele ainda ressalta a importância de manter um extintor de incêndio adequado em casa, em local de fácil acesso, e de saber como utilizá-lo corretamente. Além disso, é essencial ter um plano de evacuação em caso de incêndio e realizar treinamentos com a família para saber como agir nessas situações.


Em caso de qualquer suspeita de incêndio, mesmo que pequeno, Maggioni lembra que é fundamental acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros pelo telefone de emergência 193. A prevenção e a rapidez no combate são essenciais para evitar danos maiores.





Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page