China confina cidade de 3,5 mi de habitantes após detectar 70 casos de covid em 3 dias

Uma cidade chinesa de 3,5 milhões de habitantes próxima da fronteira com o Vietnã foi colocada em quarentena nesta segunda-feira (7), após a detecção de mais de 70 casos de covid-19 nos últimos três dias.


Autoridades da cidade de Baise, na região de Guangxi (sul), anunciaram no domingo que toda a localidade entraria em confinamento, com os moradores de alguns distritos impedidos de sair de casa. Ninguém poderá deixar a cidade.


A China, que segue uma rígida política de 'covid zero', permanece em alerta para qualquer foco da doença durante a realização dos Jogos Olímpicos de Iverno em Pequim.


"Serão aplicados controles de trânsito", afirmou o vice-prefeito Gu Junyan ao anunciar a medida. "A princípio, veículos e pessoas não poderão entrar ou sair da cidade".


Os moradores de alguns bairros em pequenas cidades rurais e condados dentro da jurisdição de Baise também foram colocados em rígido confinamento domiciliar, enquanto outros não poderão sair de seu distrito.


Baise, a 100 km da fronteira com o Vietnã, detectou na sexta-feira o primeiro contágio local do vírus em um viajante que participou no Festival da Primavera, segundo as autoridades.


Desde o início da pandemia, a China fechou as fronteiras para impedir a entrada de migrantes sem documentos do Vietnã e de Mianmar, assim como possíveis infectados com o coronavírus.


A China mantém uma política de confinamentos rigorosos, testes clínicos em massa e aplicativos de rastreamento de contatos para erradicar surtos de vírus assim que eles aparecem, o que possibilitou ao país manter um reduzido nível de infecções e mortes.


FONTE: UOL VIA https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2022/02/07/china-confina-cidade-de-35-milhoes-de-habitantes-apos-detectar-dezenas-de-casos-de-covid-19.htm