Comércio de Não-Me-Toque está cada vez mais resistente a Bandeira Vermelha

#PortalEstaEmTudo


Não-Me-Toque inicia hoje a quarta semana seguida tendo que seguir as medidas adotadas pela Bandeira Vermelha dentro do modelo de Distanciamento Controlado imposto pelo Governo do Estado.


O número de casos em nosso município está cada vez maior, aumentando consideravelmente nas últimas duas semanas, somando até aqui 98 casos já registrados, com apreensão especial para três casos que estão em internação hospitalar.


Atentos aos cuidados e comprometidos com as medidas preventivas os comerciantes de Não-Me-Toque estão inquietos com a obrigação de ter que manter fechadas suas portas ou com atendimento muito restrito, já que as consequências são graves.


A queda na arrecadação do varejo fez despencar a arrecadação especialmente das pequenas e médias empresas, que tentam se adaptar com a redução de custos, reduzindo o número de colaboradores e outras medidas. Mesmo assim, muitos empresários já reconhecem que não suportaram mais muitos dias de restrições e ameaçam contrariar as medidas restritivas.


Para tratar deste assunto e as possibilidades para amenizar o cenário será realizada nesta manhã uma reunião na Prefeitura de Não-Me-Toque, envolvendo o prefeito Pedro Paulo, o presidente da Câmara Everaldo Quadros de Moura e o presidente da ACINT Marcos Petry.