top of page

Conhecendo a fábrica: almoxarifado

O setor de Almoxarifado é composto por 58 colaboradores e é responsável pelo recebimento de todas as mercadorias que a empresa adquire de terceiros. Tem como principais atribuições a conferência e armazenagem dessas mercadorias, a manutenção da acuracidade dos estoques e o abastecimento da linha de produção. Dentro dessas atribuições, o setor é responsável também pelo recebimento, conferência e distribuição de todos os materiais indiretos que as demais áreas necessitam para andamento das atividades diárias.

Adrivânio Dal Vesco, gerente de Suprimentos, explica: “podemos dividir o setor em três áreas: recebimento de materiais, conferência e armazenagem e abastecimento da linha de produção, juntos esses três processos tem como objetivo zelar pela integridade física dos materiais, pela acuracidade dos estoques e por fazer com que os componentes cheguem até a linha de produção e de montagem no momento certo e nas quantidades desejadas de acordo com cada demanda.”

O departamento possui uma área construída de 6.715 m2, mais 4.500 m2 de área aberta que é utilizada para armazenagem de itens de maior volume físico, o qual possui aproximadamente 15 mil códigos ativos. O setor movimenta em recebimento mensal cerca de 6.000 notas fiscais, que geram aproximadamente 12.000 itens para conferência e armazenagem. Além disso abastece a produção mensalmente com aproximadamente 78.000 itens por solicitações.

Cristiano Soares Huther, supervisor do almoxarifado explica que o processo de recebimento é diário e norteado conforme necessidades de determinados materiais. “Quando recebemos uma carga na empresa, a nota é entregue para conferência fi scal e reconhecimento do frete, após geramos a folha de rosto. Na sequência é acionado o nosso departamento para o descarregamento do material. Durante o descarregamento já efetuamos a conferência do volume de produtos recebidos, essa é a primeira auditoria, após o material é encaminhado para conferência individual de cada componente. Isso tudo é realizado por meio de metodologias de mercado (boas práticas), para garantir assertividade do processo”, enfatiza.

Para assegurar que esse processo ocorra de forma correta, o setor conta com o auxílio da área de Métodos e Processos, que ao identificar alguma criticidade, busca em conjunto com o setor do Almoxarifado desenvolver soluções ágeis. Adrivânio comenta: “nosso departamento é como se fosse um banco, porém ao invés de manusear dinheiro em espécie, trabalhamos com componentes de valor agregado. Por isso, precisamos zelar pela integridade dos materiais e processos e acuracidade dos estoques, garantindo que o material chegue na linha de montagem no tempo certo e com a qualidade assegurada”, finaliza.


Fonte: SITE STARA

Posts recentes

Ver tudo

BAHIA FARM SHOW: STARA APRESENTA NOVIDADES NA FEIRA

Com o lema de Evolução Constante, a Stara leva para esta edição da Bahia Farm Show seu DNA de inovação e tecnologia. De 11 a 15 de junho quem visitar a feira poderá conferir as novidades e lançamentos

Comments


bottom of page