Cotrijal é homenageada por fazer parte dos 20 anos da Cinbalagens

@AscomCotrijal

A Cotrijal foi a primeira cooperativa a se cadastrar como associada central e investir no projeto da Cinbalagens - Aria (Central de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos), de Passo Fundo. Por conta desta parceria, a Cotrijal recebeu uma homenagem durante o jantar de confraternização que comemorou os 20 anos de história e conquistas da associação em prol da sustentabilidade no agronegócio.


Projeto piloto no Rio Grande do Sul, considerado o maior projeto ambiental consolidado no Estado, a Cinbalagens recebe as embalagens vazias de agrotóxicos e assegura o destino correto – trabalhando no processamento e expedição dos recipientes, encaminhando para as indústrias que efetuam a reciclagem, produzindo 34 ítens a partir do plástico reutilizado. A instituição atende 110 municípios da região de Passo Fundo.


Somente em 2017, a associação processou mais de 1.030 toneladas de embalagens. A Cotrijal entregou, no mesmo período, o total de 364.324 unidades. Estima-se que atualmente 94% das embalagens usadas de agrotóxicos no Brasil recebem o destino correto, sem poluir o meio ambiente. 


Representando a Cotrijal, durante a confraternização, estiveram o superintendente de Produção Agropecuária, Gelson Melo de Lima; a coordenadora do Meio Ambiente, Deisi Sebastiani Nicolao; e o coordenador Operacional das Unidades de Carazinho, Elvio José Caraffini.


Lima destacou a importância da parceria. "A Cinbalagens faz parte do processo de produção da Cotrijal. Esse trabalho é um exemplo prático de que a sustentabilidade é possível, pois as embalagens deixam de fazer parte de um potencial poluidor, direcionando para a reciclagem", apontou o superintendente.


"Para nós, enquanto cooperativa, é um orgulho fazer parte dessa história de sucesso que concretizou a destinação correta das embalagens, que antes eram enterradas ou jogadas a céu aberto e nos rios, contaminando o meio ambiente, pessoas e animais. Por isso é tão importante comemorarmos esses 20 anos de união de esforços, responsabilidade social e ambiental. Tenho certeza que a instituição terá longos anos pela frente", acrescentou a coordenadora do Meio Ambiente.


O papel fundamental do produtor – Como revendedora de defensivos agrícolas, a Cotrijal tem o controle dos produtos adquiridos e as embalagens que são retornadas para reciclagem, tendo garantia de que 100% dos recipientes estão sendo encaminhados para a Cinbalagens. "Graças ao comprometimento de cada produtor ligado à nossa cooperativa, que entende a importância da realização da tríplice lavagem e está cada vez mais consciente", enfatizou Deisi Sebastiani Nicolao.


Responsabilidade legal – A diretora da Cinbalagens-Aria, Sandra Rodriguês, lembra que dar destino correto às embalagens vazias de defensivos agrícolas é uma questão legal no Brasil. E a central trabalha embasada no Decreto nº 4.074, de 4 de janeiro de 2002; na Resolução Conama nº 465, de 5 de dezembro de 2014; e a Lei nº 9.974, de 6 de junho de 2000. "Somos a maior central de recolhimento do Estado e nos alegra saber o impacto positivo que o nosso trabalho desempenha no meio ambiente, pois são volumes expressivos. Neste ano devemos chegar a 1.100 toneladas recolhidas", apontou.


"A parceria com a Cotrijal ao longo desses 20 anos é de fundamental importância, se mostrando uma entidade ativa e participante. Esta preocupação da cooperativa mostra a responsabilidade não só com o meio ambiente, mas com as pessoas. Só temos que agradecer", concluiu Sandra Rodriguês.