Cotrijal inicia campanha de vacinação preventiva à gripe


Com o fim da estação mais quente do ano, inicia-se a corrente de mobilização pela prevenção à gripe. Como a rede pública disponibiliza doses gratuitas prioritariamente para grupos de risco, a Cotrijal, através da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – Cipa, realiza a Campanha de Vacinação voltada para colaboradores, associados e dependentes.

A inscrição pode ser feita até o dia 3 de abril, junto aos coordenadores administrativos das Unidades de Negócios. As vacinas serão aplicadas entre os dias 8 e 12 de abril, em parceria com Imunijuí - Clínica de Vacinas, de Ijuí. O valor por dose é R$ 55,00. 


O presidente da Cipa Sede, Tiago Mendes, alerta que a idade mínima de participação é nove anos e destaca a importância da imunização. "Estamos preocupados com o bem-estar e saúde da 'família Cotrijal'. A campanha visa facilitar o acesso à vacina, que nesta época é bastante procurada", enfatiza.


Agende-se: O quê? Campanha de Vacinação da Cotrijal contra a Gripe Quem pode participar?  Associados, colaboradores e dependentes – com mais de nove anos Prazo de inscrição: 20 de março a 3 de abril Onde fazer a inscrição: Nas unidades junto aos coordenadores administrativos; na sede administrativa e no Varejo com membros da Cipa Valor: R$ 55,00 a dose (pagamento no ato da inscrição) Data da vacinação: de 8 a 12 de abril Pontos de vacinação: Não-Me-Toque (sede administrativa, acerto Unidade de Negócios e Supermercado Centro); Colorado; Victor Graeff; Tio Hugo; Vista Alegre; Lagoa dos Três Cantos; Almirante Tamandaré do Sul; Santo Antônio do Planalto; Carazinho Glória; Igrejinha; Saldanha Marinho; Nicolau Vergueiro; Passo Fundo; Mato Castelhano; Esmeralda Sede; Muitos Capões; Lagoa Vermelha; Três Pinheiros; Tapejara; Sertão; Água Santa; e Ernestina. Para as unidades que não terão pontos de vacinação, os interessados devem se inscrever no local mais próximo.


Perguntas frequentes, mitos e verdades


A Campanha Nacional de Vacinação da rede pública de saúde começou antecipadamente nesta quarta-feira (20) no Estado do Amazonas, depois de registrar mais de 25 mortes em decorrência da influenza em 2019. No Rio Grande do Sul, os esforços também serão antecipados em relação aos anos anteriores, passando para a primeira quinzena de abril. 


Grupos prioritários - O Ministério da Saúde oferta a vacina trivalente contra gripe de forma gratuita para idosos com mais de 60 anos; crianças de seis meses até seis anos incompletos; gestantes; puérperas até 45 dias após o parto; trabalhadores do segmento de saúde; povos indígenas; grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos, sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional; professores das escolas públicas e privadas.


Reações - Os efeitos adversos mais comuns da vacina contra a gripe são: dor, vermelhidão e endurecimento no local da  injeção. Reações como febre, mal-estar e dor muscular acontecem em menos de 1% dos vacinados. As reações pós vacinação costumam  desaparecer  espontaneamente em 48 horas. A vacinação deve ser adiada em casos de doença febril aguda e é proibida a pacientes com alergia severa ao ovo.


A vacina garante que não terei a gripe H1N1? A vacinação diminui a probabilidade de contágio pela gripe H1N1, porém ainda é possível contrair a doença. Depende do estado imunológico de quem a recebe. O objetivo é reduzir internações, complicações e mortes pelo vírus.



Fonte: Assessoria de Imprensa da Cotrijal

5a4e2ef62da5ad73df7efe6e_edited.png
  • Instagram
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

© COPYRIGHT 2019, PORTALNMT

TERMO DE USO   |  PRIVACIDADE

WhatsApp-icone.png