Cotrijal participa de encontro técnico de cooperativas agropecuárias


O compartilhamento de informações entre as cooperativas agropecuárias gaúchas foi o foco da 1ª Jornada Rede Técnica Cooperativa, realizada em Gramado, nos dias 5, 6 e 7 de junho. Com a realização de palestras, painéis e debates, o evento reuniu profissionais das mais diversas áreas, com o objetivo de gerar discussões capazes de movimentar o setor cooperativo. 


"Esse é um movimento inédito e inovador, que nos dará condições de compartilhar as nossas realidades e ainda atualizar alguns pontos. Sempre com o foco principal no nosso associado, que assim terá mais oportunidades de crescer junto com a sua cooperativa", disse o presidente da Cotrijal, Nei César Manica. A cooperativa marcou presença no evento com um grupo de 60 pessoas, entre produtores, técnicos, gerentes e superintendentes.


Para o associado Altemir Ceolin, de Passo Fundo, a Rede Técnica Cooperativa é um modelo que valoriza a integração entre as cooperativas e levará mais conhecimento para o produtor. "Vimos aqui vários temas como o plantio direto, a biotecnologia, integração lavoura-pecuária, exemplos que seguem evoluindo e que necessitam de acompanhamento muito próximo dos profissionais das nossas cooperativas", destacou. 

O associado Everton Roessler, de Saldanha Marinho, aprovou o evento e ressaltou a qualidade das informações que levará para sua propriedade. "Vem muita coisa nova para a agricultura, algumas revolucionárias, e cabe a nós buscarmos, através das nossas cooperativas, todo esse conhecimento para nos mantermos competitivos em nossos negócios". 

OCB quer ampliar o projeto

O modelo de integração proposto no Rio Grande do Sul pela Rede Técnica Cooperativa (RTC) servirá de inspiração para ações nacionais do setor cooperativista. A garantia é do presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Márcio Lopes de Freitas, que participou da abertura da 1ª Jornada da RTC, na noite de quarta-feira (5/6). 


Ao lado de lideranças do movimento nacional e falando a uma plateia de cerca de 650 técnicos e dirigentes do setor cooperativista, ele acredita que esse movimento, que inicia no Estado, vai revolucionar o campo de pesquisa do corpo técnico das cooperativas. “A ideia é fantástica. E, como já é de praxe, o Rio Grande do Sul esparrama sementes boas para o resto do Brasil”, pontuou.


Segundo Freitas, o grande salto da agropecuária brasileira se deu graças ao trabalho individual de pesquisadores, técnicos, produtores e curiosos. “O agronegócio é o sustentáculo da economia brasileira. Mas dá para fazer mais”, salientou, reforçando a ideia da criação de uma rede única como o que está sendo proposto no RS. 


A 1ª Jornada da Rede Técnica Cooperativa tem o apoio da CCGL, Federação das Cooperativas Agropecuárias do RS (FecoAgro) e Sistema Ocergs-Sescoop/RS e patrocínio dos terminais Termasa/Tergrasa. 

Confira mais informações sobre o evento no site: www.jornadartc.com.br


Fonte: Assessoria de Imprensa da Cotrijal

*Com informações: Jardine Comunicação Foto: Carolina Jardine

5a4e2ef62da5ad73df7efe6e_edited.png
  • Instagram
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

© COPYRIGHT 2019, PORTALNMT

TERMO DE USO   |  PRIVACIDADE

WhatsApp-icone.png