top of page

Cruzeiro e Grêmio na série A. O que esperar dos grandes clubes em seus retornos a série A


A temporada de 2022 chegou ao fim para Cruzeiro e Grêmio, e finalmente o fantasma da Série B não assombra mais a Raposa e o Imortal, que figuram entre os maiores clubes do país. Depois de uma temporada vitoriosa na Segundona, ambos os times fecharam o ano conquistando o tão sonhado objetivo do retorno à série A, com Cruzeiro levando o título, e o Grêmio ficando com o vice-campeonato.


O projeto do Cruzeiro


A diretoria do Cruzeiro está otimista com os anos que estão por vir para a equipe azul celeste, depois de amargos 3 anos figurando na série B do brasileirão, a Raposa conseguiu formar um elenco competitivo e conquistar o acesso à série A do Campeonato nacional. Agora o pensamento é de reformulação e gerenciamento inteligente sob o comando da diretoria celeste e de Ronaldo Fenômeno, dono da agora SAF do Cruzeiro.


A diretoria do se prepara para a temporada de 2023 com boas expectativas para o plano de reformulação da equipe, depois de uma perda de cerca de 50% de seus faturamentos com a queda para a Série B, o time de Ronaldo Fenômeno espera um aumento considerável no orçamento do clube, que pode já igualar os valores arrecadados nos anos em que o time disputou a primeira divisão do brasileiro, com cerca de 80 a 100% de previsão de aumento o clube da capital mineira espera fazer contratações pontuais que se encaixem na nova filosofia do clube, que se baseia na ideia de se reestruturar com responsabilidade.


De acordo com com as declarações cedidas à revista Forbes pelo diretor financeiro do Cruzeiro, Raphael Vianna, o time celeste trabalhou com cerca de R$ 115 milhões de reais em receita por ano jogando a Série B, e agora, com o acesso, o clube espera um aumento que pode ultrapassar os 200 milhões logo no primeiro ano após a subida para a elite do futebol. Tais valores impressionam, mas a diretoria tem planos conservadores para o ano de 2023, a ideia é fazer contratações pontuais que se adaptem a sua realidade financeira “o objetivo é contratar com responsabilidade” teria dito o agente do clube.


Esse aumento considerável se deve a fatores como o aumento do número de sócio torcedores, que se aproximou dos 70 mil associados somando aos cofres da raposa um valor aproximado de R$35 milhões de reais, e das cotas televisivas, onde os valores podem chegar a R$100,5 milhões de reais, valor 5 vezes maior em comparação ao que recebia na série B, que girava em torno de R$ 20 milhões de reais.


Agora, com uma nova filosofia e planejamento responsável, o Cruzeiro se prepara para reformular seu elenco para a temporada de 2023 com uma idéia bastante prática, o projeto se baseia em contratar com responsabilidade e enxugar o elenco, que atualmente conta com 32 jogadores, a meta é chegar aos 26 atletas operando dispensas e substituindo algumas peças com novas contratações.


Confira quem já fechou, quem foi dispensado, e quem pode chegar na toca da raposa.


Jogadores chegando


O Cruzeiro por enquanto se movimentou pouco no mercado, mas já confirmou a contratação de 2 atletas: o zagueiro Neris de 30 anos que estava no futebol da Arábia Saudita, e o goleiro Anderson que pertencia ao Athletico-PR.


Jogadores dispensados

Denivys - Goleiro

William Oliveira - Volante

Matheus Bidu - Lateral esquerdo

Chay - Meia

Lincoln - Atacante

Rodolfo - Atacante

Pablo Siles - Meia

Wagner Leonardo - Zagueiro

Léo Pais - Meia

Rômulo - Lateral direito


Quem pode chegar

Almendra - volante (Boca Juniors- AR)

Juninho Capixaba - lateral esquerdo (Fortaleza)

Paulinho - lateral esquerdo (Midtjylland-DIN)

Wellington Rato - atacante (Atlético Goianiense)

Dudu - lateral (Atlético Goianiense)

Gustavo - atacante (Al Shabab EAU)


Vimos que o plano do Cruzeiro para a temporada de 2023 é de se reestruturar e montar um time competitivo, os objetivos por enquanto são modestos, mas estão de acordo com a realidade do clube no momento. O projeto busca uma boa classificação no campeonato mineiro, conquistar uma vaga para as oitavas de final da Copa do Brasil, e fazer um Campeonato Brasileiro regular para beliscar uma vaga na Copa Sul-Americana.

A direção do clube está otimista com a ascensão da Raposa e projeta que até 2032, com o clube já reestruturado, o Cruzeiro volte a brigar pelos principais títulos nacionais e do continente.


A volta do grêmio e suas expectativas


O Grêmio, assim como o Cruzeiro, sofreu com a queda de seus rendimentos com o rebaixamento para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro em 2021, porém com o acesso à elite do nacional, as finanças do clube irão aumentar substancialmente, o que dará fôlego extra para a nova direção liderada pelo recém eleito presidente Alberto Guerra. Novas contratações e a permanência do técnico Renato Gaúcho são esperadas.

Depois de uma campanha vitoriosa na série B, o Grêmio levou o vice-campeonato e conseguiu o tão esperado acesso à elite do campeonato brasileiro, comandado pelo técnico Renato Gaúcho, que assumiu o time já no final da temporada, o tricolor imortal espera voltar à Série A com uma equipe mais competitiva visto ao investimento projetado de R$ 80 a R$100 milhões de reais para o futebol do clube.


Com o rebaixamento, o clube deixou de faturar cerca de R$70 milhões de reais em cotas televisivas, e com o acesso o Grêmio receberá em torno de R$60 a R$80 milhões de reais pelos seus direitos de imagem. Espera-se também um valor projetado de R$10 milhões com novos associados, somados a mais R$ 10 milhões com vendas de produtos do clube, valores que certamente irão contribuir muito para a montagem de um novo plantel de jogadores para formar um elenco forte, que por sinal, é uma exigência do técnico Renato Gaúcho para sua permanência como treinador da equipe.


Os indícios de novos reforços de peso ainda são tímidos, mas o Grêmio já sonda alguns jogadores, como por exemplo, Pedro Raul, atacante que se destacou jogando pelo Goiás nesta temporada marcando 39 gols.


Outros jogadores também são observados de perto pela diretoria tricolor, nomes como do goleiro Marcelo Grohe, atualmente jogando pelo do Al-Ittihad, da Arábia Saudita, Rodinei lateral direito do Flamengo, Felipe Carballo, volante que atua pelo Nacional do Uruguai, Franco Cristaldo, meia argentino pertencente ao Huracán, também estão na mira do Imortal.


Com o moral alto, prestígio da torcida, e um orçamento consideravelmente maior que do ano passado, o Imortal promete vir com ímpeto vencedor para a temporada de 2023. Certamente o caminho não será fácil, mas é fato que a diretoria e a torcida tricolor esperam um ano de correções e reestruturação para que o clube volte a brilhar como se espera de um time da grandeza do Grêmio.


Com esses dois grandes clubes de volta à elite do futebol brasileiro, sem dúvidas, a temporada será de grandes emoções. Se você é um entendedor de futebol, já possui uma boa parte do caminho andado para realizar apostas esportivas. Abra a sua conta na Betano e aproveite o código promocional betano de 100% até R$ 300,00 (confira a validade no site).

Foto:@Staff_images/Twitter / Estadão



Comments


bottom of page