De estratégias de geração a modelos de gestão

@AscomCotrijal

Antes de retornar ao Estado, nesta quinta, 25, a delegação dos dirigentes de cooperativas agropecuárias gaúchas, que participa de tour técnico pelo Paraná, faz uma última parada em Cascavel e Medianeira, para visitas às cooperativas Cotriguaçu, Frimesa e Lar. O roteiro foi organizado pela Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS) e desde a segunda, 22, percorre as maiores cooperativas paranaenses. A Cotrijal está representada pelo presidente, Nei César Mânica, e pelo vice-presidente, Enio Schroeder.


Na quarta, 24, o grupo desembarcou em Campo Mourão, para uma visita à sede da Coamo. No local, foi recebido pelo presidente José Aroldo Galassini, que destacou a forma como a Coamo trabalha na parte de crédito agrícola e seguro rural. A cooperativa conta hoje com 7 mil colaboradores e 28,29 mil associados. Em 2017, faturou R$ 11,07 bilhões e em exportações chegou a US$ 1,29 bilhão. 


À tarde, a delegação cumpriu roteiro na Copacol, em Cafelândia. A agroindustrialização é o forte da cooperativa, que mantém negócios nas áreas de aves, suínos, pescado e leite, com o trabalho de produtores integrados. Com 9,42 mil colaboradores e 5,73 mil cooperados, faturou em 2017 R$ 3,45 bilhões. Ao recepcionar dirigentes, o presidente Valter Pitol reconheceu que o intercâmbio entre as cooperativas gaúchas e paranaenses favorece todo o sistema.


Gestão e governança 

Na terça, 23, os dirigentes estiveram em Maringá. Na Cocamar, o grupo conheceu especialmente o modelo de gestão e governança implantado na cooperativa. Implantada em 2014, a nova forma de gestão da Cocamar conta com a figura de executivos contratados para liderar todo o processo. O vice-presidente executivo, José Cicero Aderaldo, conversou com os representantes das cooperativas gaúchas sobre o modelo de governança. 


Os cooperativistas gaúchos conheceram ainda o complexo industrial, que conta com estruturas de desembarque e estacionamentos para caminhões, armazenagem, beneficiamento e envase de produtos que chegam ao consumidor. Entre os produtos comercializados estão óleo de soja, torrefação de café, sucos e néctar, além de maioneses e molhos. Em 2017, o faturamento da cooperativa foi de R$ 3,56 bilhões. A Cocamar conta com 13,94 mil associados e 2,48 mil colaboradores.






Texto e fotos: Assessoria de Imprensa da FecoAgro/RS