Dia de Campo apresenta forrageiros para o inverno de 2019

@AscomCotrijal


Tanto no grão quanto na atividade do leite é preciso ficar atento aos detalhes. Para ajudar o produtor a escolher as melhores cultivares, manejos e estratégias para nutrir o sistema, a Cotrijal promove Dias de Campo na sua área de testes. A atividade desta quarta-feira, 19, trouxe mais de 95 produtores de diferentes regiões da cooperativa a Não-Me-Toque. 


Lucas Ferrari, de Colorado, foi um dos que circulou por entre as estações para conferir as opções de forrageiras para o inverno 2019 e os resultados desse trabalho no campo. Com 20 animais em ordenha e uma produção de 33 litros/vaca/dia ele conta com a Cotrijal para bater, a curto prazo, a marca dos 40 litros/vaca/dia. “Ano passado, já cheguei aos 39,8 litros/vaca/dia. De posse dessas informações, o produtor consegue se planejar melhor”, disse. 


Ao todo, foram apresentados 29 materiais, entre azevéns, aveias, trigos e cevadas. Todos manejados para expressar o maior potencial produtivo, seguindo orientações dos profissionais do Departamento Veterinário (Devet) da Cotrijal. Os produtores receberam ainda informações sobre estratégias de manejo, adubação, fertilidade de solo e custos de produção. 


Eduardo Augusto Kuntzer, de Santa Bárbara do Sul, levou toda a família: a esposa Alessandra e os filhos Catarina (2 anos e meio) e Luis Otávio (1 mês e meio). Com 45  vacas em ordenha, ele planeja ampliar plantel para 70 animais até meados de 2019. “Hoje tem que ter parceiros confiáveis. E aqui na Área Experimental a gente consegue avaliar o que realmente dá resultado e planejar pastagem, silagem”, opinou. 


Estações


O coordenador do Departamento Veterinário da Cotrijal, Alan Issa Rahman, apresentou  os resultados e manejos desenvolvidos nos materiais no campo. Nesta estação, o produtor comparou produtividade, teor de proteína, perfilhamento de cultivares e resistência a doenças. Na estação sobre silagem, o veterinário Evandro Bordignon apresentou materiais, volumes produzidos e custo-benefício da lavoura. Já o veterinário Kleiton Kissmann simulou dieta para altas produtividades, com pasto, ração e silagem. Em outra estação, o coordenador técnico de Difusão, Alexandre Doneda, falou sobre fertilidade de solo, correção e adubação. 

5a4e2ef62da5ad73df7efe6e_edited.png
  • Instagram
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

© COPYRIGHT 2019, PORTALNMT

TERMO DE USO   |  PRIVACIDADE

WhatsApp-icone.png