top of page

Emergência do HSVP está com taxa de ocupação de 170%

A situação da emergência do Hospital São Vicente, de Passo Fundo que, está operando com restrições desde 18 abril, se agravou. O setor, que já estava superlotado, registra agora uma taxa de ocupação superior a 170%. A diretora de governança clínica, dra. Cristine Fasolo Pilati, que relata a preocupação com a demanda que não para de aumentar. A médica também faz um pedido para que apenas casos graves e gravíssimos procurem a emergência do HSVP.

— Isso acumula pacientes e não permite um rodízio de pacientes, em situação mais grave. Aconselhamos aqueles que não possuem casos de complexidades para procurarem hospitais nas cidades de origem, deixando o HSPV para casos de maior gravidade. Chegamos a dias com 200% na taxa de ocupação e isso não é humano. Criamos um núcleo interno de atendimento para auxiliar nesta demanda para receber os pedidos de transferências do HSVP, com recursos próprios. Também montamos escritório de gerenciamento da alta para a gente poder receber mais pacientes para que assim, sejam realizadas a rotatividade entre os pacientes, gerando espaço, a aqueles que realmente precisam os serviços de urgência —

De acordo com nota divulgada pelo HSPV ao longo da semana, todos os recursos humanos e materiais disponíveis estão mobilizados para o cuidado dos pacientes que já estão no setor. Além disso, seguem sendo recebidos na Emergência casos graves ou muito graves. Reforçamos à população que, em casos não urgentes ou pouco urgentes, procure os demais hospitais ou outras unidades de saúde da cidade. O Hospital segue trabalhando ao máximo para garantir a manutenção do serviço até que a situação seja normalizada.



VIA https://lamais.com.br/noticia/58375/emergencia-do-hsvp-esta-com-taxa-de-ocupacao-de-170

Comentarios


bottom of page