top of page

Estado desenvolve projeto padrão de unidades prisionais com energia fotovoltaica


Limpa e renovável, a energia solar fotovoltaica vem gradualmente sendo utilizada pelos brasileiros em projetos residenciais e comerciais. Com o objetivo de adotar formas mais sustentáveis e econômicas nas obras do sistema penitenciário, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Sistemas Penal e Socioeducativo (SSPS), desenvolveu um Projeto Padrão de Penitenciária com energia fotovoltaica.


Em 5 de julho, o titular da SSPS, Luiz Henrique Viana, e a equipe do Departamento de Engenharia e Arquitetura Penal e Socioeducativa (Deaps) apresentaram à Secretaria de Parcerias e Concessões (Separ) um projeto de Parceria Público-Privada (PPP) para construção de presídio no município de São Borja agregando Usina Fotovoltaica. Seria a primeira unidade prisional a utilizar a estrutura. Já na sexta-feira (14/7), a SSPS realizou a entrega do Projeto Padrão da Penitenciária de São Borja à Caixa Econômica Federal.


“É uma enorme vantagem fazer uso de uma energia que não polua, que é renovável, limpa e silenciosa, podendo também ser usada em áreas isoladas da rede elétrica", explica o diretor-adjunto do Deaps, Daniel Weindorfer. "Além disso, é de fácil instalação e apresenta necessidade mínima e custo barato para manutenção, com retorno do investimento em pouco tempo.”


Ainda conforme a equipe técnica da SSPS, o sistema de geração chamado on grid permite que o excedente de energia elétrica gerada seja injetado na rede da concessionária distribuidora, gerando ‘créditos de energia’. Esses créditos são utilizados para abater, na fatura, o valor da energia elétrica consumida em momentos que a geração não consegue suprir a demanda do estabelecimento ou quando não há geração (período noturno).


“Esse é um passo importante na busca por uma gestão mais sustentável do Estado. Nosso olhar tem sido cuidadoso sobre o assunto, pois temos à disposição possibilidades mais baratas para gerir os bens públicos”, afirma Viana.


O que é a energia fotovoltaica


A energia solar fotovoltaica é a conversão direta da radiação solar em energia elétrica. Essa conversão é realizada pelas células fotovoltaicas. Quando a luz solar incide sobre uma dessas células, os elétrons do material semicondutor são postos em movimento, gerando corrente elétrica. Com o auxílio de inversores, a corrente contínua (CC) gerada pelas células, presentes nos painéis fotovoltaicos, é convertida em corrente alternada (CA), com tensão elétrica compatível para a utilização em dispositivos elétricos e eletrônicos.


Texto: Jéssica Britto/Ascom SSPS Edição: Felipe Borges/Secom


ความคิดเห็น


bottom of page