top of page

Expulsões temporárias deverão ser testadas no futebol profissional

A International Football Association Board (Ifab), órgão regulador das regras do futebol, recomendou testar as expulsões temporárias no futebol profissional. O anúncio da tentativa foi realizado nesta terça-feira (29) durante a reunião anual em Londres, uma iniciativa que visa reprimir condutas antidesportivas dos jogadores.


Em 2017, a International Board validou a implementação de expulsões temporárias com o objetivo de conter possíveis tensões no campo e melhorar o fair play nas categorias amador, juvenil, veterano e pessoas com deficiência, sujeito à aprovação de cada federação nacional e confederação. O futebol profissional atualmente não é afetado por esta medida, o que poderá mudar no futuro.


Os membros da diretoria da Ifab também apoiaram a proposta de que apenas o capitão da equipe pudesse abordar o árbitro em determinadas situações de jogo. Estas propostas serão examinadas durante a assembleia geral anual do órgão em Glasgow, em março de 2024.

— A frustração dos torcedores é imensa ao ver um contra-ataque promissor abortado por uma falta tática. E a questão de saber se um cartão amarelo é suficiente para sancioná-lo nos leva a nos perguntar se o cartão branco (expulsão temporária) também não deveria ser uma boa opção — explicou Mark Bullingham, membro do conselho da Ifab e diretor geral da Federação Inglesa de Futebol.

Pierluigi Collina, presidente da comissão de arbitragem da Fifa, presente na subcomissão técnica da International Board, afirmou que o teste de expulsão temporária no futebol profissional poderá ocorrer a partir da próxima temporada, sujeito à aprovação da assembleia geral do órgão em março.

— O teste foi conclusivo nos amadores. Agora estamos falando de um nível muito superior, altamente profissional. Temos que desenvolver algo que funcione, que seja digno de um futebol de alto nível — explicou.


POR GZH


Comments


bottom of page