top of page

Farsul: Outubro apresenta nova queda no IICP


Pelo quinto mês consecutivo, o Índice de Inflação dos Custos de Produção (IICP) registrou queda. Em outubro, a retração foi de 2,78% na comparação com setembro. Novamente, os preços dos fertilizantes foi o principal fator de influência no resultado, com redução em todas as culturas analisadas. os dados foram divulgados nesta quarta-feira (30/1), pela Farsul.

No acumulado do ano, medido de janeiro a outubro, o IICP teve uma deflação de 5,18%. Já em 12 meses, o resultado é de alta de 3,22%. A Assessoria Econômica da Farsul lembra que o resultado de 2021 foi de inflação acumulada de 51,39% no indicador e que uma queda já era esperada para este ano após sucessivas altas no ano passado.

Já os preços praticados no campo se mantiveram estáveis em outubro, conforme aponta o Índice de Inflação dos Preços Recebidos (IIPR), que mostra uma variação de 0,01% em outubro. As altas nos preços da carne suína e arroz foram praticamente compensadas pelas retrações na carne bovina e trigo. No acumulado nos últimos 12 meses, o IIPR teve elevação de 6,77%. Apesar de um resultado positivo para os produtores, a elevação dos custos em uma velocidade mais acelerada tende a estreitar as margens de lucro da atividade.

Pela primeira vez desde abril de 2020, a inflação acumulada do IICP em 12 meses é inferior ao IPCA. Isso significa que ao longo desse período, a cesta de produto que compõe o custo de produção teve seus preços valorizados acima dos preços gerais da economia, medidos pelo IPCA, até uma desaceleração mais rápida do IICP em outubro. Confira Relatório Completo.

Fonte: Imprensa Sistema Farsul




Comentarios


bottom of page