Fique atendo: Escorpiões seguem sendo encontrados em casas de NMT

#PortalEstaEmTudo


O escorpião é um animal particularmente resistente, seja frio, calor ou mesmo radiação.


O escorpião tem uma atividade essencialmente noturna e alimenta-se apenas de presas vivas que paralisa com a ajuda do seu veneno. Seu tamanho varia entre 1 centímetro somente a até mais de 25 centímetros, dependendo da espécie.


Todas as espécies possuem pinças e podem aplicar picada dolorosas, sem exceção. Porém, cerca de 10 % apenas de todas as espécies de escorpiões podem oferecer, de fato, algum risco significativo a saúde humana com sua picada.


Os escorpiões são encontrados em locais suscetíveis à presença de insetos e, genericamente, este conceito engloba tijolos, telhas, troncos empilhados, montes de pedras, rachaduras, cupinzeiros e, até mesmo covas humanas.


A picada de escorpião, na maioria das vezes, causa poucos sintomas, como vermelhidão, inchaço e dor no local da picada, entretanto, alguns casos podem ser mais graves, causando sintomas generalizados, como enjoo, vômitos, dor de cabeça, espasmos musculares e queda da pressão, havendo, até, risco de morte.


Em caso de picada de escorpião, os primeiros socorros são:

  1. Lavar o local da picada com água e sabão;

  2. Manter o local da picada voltado para cima;

  3. Não cortar, furar ou apertar o local da picada;

  4. Beber bastante água;

  5. Ir o mais rápido possível a um pronto-socorro.

Para prevenir infestação por escorpiões, é recomendável manter os terrenos limpos e livres de lixo e entulhos. Restos de lixo, além de serem excelentes esconderijos, também atraem insetos que possam estar inseridos na dieta do escorpião.