top of page

Governo Federal autoriza renegociação do FIES para inadimplentes


Desde ontem, 7 de novembro, estudantes ou formados que tenham dívidas com o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) já podem renegociar seus débitos em condições especiais por meio das agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil. O anúncio foi feito pelo ministro da Educação, Camilo Santana, após reunião com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. São mais de 1,2 milhão de inadimplentes que podem ser beneficiados com as condições facilitadas e os descontos de até 99% do valor consolidado da dívida.


Para isso, basta procurar a agência do banco responsável pelo financiamento e analisar seu caso. As dívidas que podem ser renegociadas chegam a R$ 54 bilhões. Quem está em dia também pode obter vantagem. A nova regulamentação cria condições mais favoráveis de amortização para estudantes com contratos do FIES assinados até o fim de 2017 e com débitos vencidos e não pagos em 30 de junho de 2023.


Os estudantes com débitos vencidos e não pagos há mais de 360 dias em 30 de junho de 2023 terão desconto de até 99% do valor consolidado da dívida, no caso de inscritos no Cadastro Único (CadÚnico). Para os demais estudantes, os descontos podem chegar a 77%. O Ministro da Educação Camilo Santana disse que trata-se de uma lei que garante o refinanciamento das dívidas da educação. Será uma oportunidade de renegociar as dívidas, alavancando a economia e recuperando o crédito de quem está inadimplente.


Site Rádio Uirapuru - Por Mateus Miotto


Comments


bottom of page