top of page

Homem é baleado e idoso detido em caso de legítima defesa no interior de Ernestina

Na tarde deste domingo (13), um incidente envolvendo um casal resultou em um homem baleado e um idoso detido na localidade de Capão do Valo, em Passo Fundo. De acordo com informações obtidas pela Reportagem Policial da Rádio Uirapuru, a Brigada Militar/3°RPMon foi chamada para responder a um possível caso de tentativa de homicídio e disparos de arma de fogo.

Ao chegar ao local, as autoridades encontraram um homem ferido na perna por um disparo de arma de fogo e um idoso que supostamente efetuou o tiro. O idoso foi detido, enquanto o homem baleado foi encaminhado ao Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) por uma ambulância.

Segundo o relato do autor do disparo, o homem atingido teria ameaçado a mulher no local com uma arma de fogo e tentado estrangulá-la, mesmo ela estando com uma criança no colo. O idoso, aparentemente em defesa da mulher, entrou em luta corporal com o agressor e conseguiu tomar sua arma, um revólver Taurus calibre 38, resultando no disparo que feriu o homem na perna.

A posse legal de armas do idoso também foi mencionada, incluindo duas espingardas calibre 20 e 28, as quais foram apreendidas pela Brigada Militar. Testemunhas corroboraram com a versão apresentada pelo idoso, indicando que ele agiu em legítima defesa para proteger a mulher ameaçada de morte.

A Delegada Carolina Goulart, chefe da equipe de plantão da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), considerou que os fatos não estavam totalmente claros e optou por não efetuar uma prisão em flagrante. Ela enfatizou que a investigação seguirá seu curso, com o objetivo de esclarecer os detalhes do incidente, especialmente quando o homem baleado estiver em condições de prestar depoimento após sua recuperação hospitalar.

O caso está sendo tratado como tentativa de homicídio, com o próprio homem baleado sendo acusado de ter estrangulado a mulher inicialmente. O idoso é enquadrado em legítima defesa de terceiros. A Delegacia de Especializada no Atendimento a Mulher (DEAM) ficará encarregada da investigação do caso.


POR UIRAPURU


Comments


bottom of page