Hospital Notre Dame Júlia Billiart: Semana da amamentação!


O leite materno é o alimento ideal para seu bebê. Ele supre todas as necessidades nutricionais, até o seis meses de idade e protege a criança da desnutrição. Além disso, não existe leite materno “fraco” ou “aguado”.


O recém-nascido deve mamar logo após o nascimento. O leite dos primeiros dias após o parto é chamado de colostro e oferece grande proteção contra infecções. O colostro é considerado por muitos especialistas como a “primeira vacina” do bebê.


A composição do leite materno fornece a água necessária para manter a criança hidratada, mesmo em temperaturas elevadas, está sempre fresco e pronto para ser consumido pelo recém-nascido. Sua composição nutricional balanceada contribui enormemente para o crescimento e desenvolvimento adequado do infante.


De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o aleitamento materno deve ocorrer até os dois anos de idade ou até ser prazeroso para a mãe e para a criança. Contudo, as mães devem ficar atentas se a amamentação não está interferindo na alimentação da criança e prejudicando a nutrição adequada do pequeno. É importante ressaltar que a amamentação dever ser um complemento da alimentação após os primeiros meses de vida.


Outra questão importante da amamentação são os horários das mamadas e a higiene bucal. Desde pequenino a mãe deve realizar a limpeza dos dentinhos e da região da boca do seu filho mesmo que sua alimentação seja exclusivamente o leite de peito.  É sempre bom lembrar que a mamadeira e a chupeta são prejudiciais para o desenvolvimento da arcada dentária e musculatura facial, principalmente da região da boca, prejudicando também o desenvolvimento da fala.


Veja algumas vantagens de amamentar:

·         A criança amamentada ao seio estará protegida contra alergia e infecções, fortalecendo-se com os anticorpos da mãe e evitando problemas como diarréias, pneumonias, otites e meningites.

·         A amamentação é mais prática, mais econômica, e evita o risco de contaminação no preparo de outros tipos de leite.

·         A amamentação favorece o desenvolvimento dos ossos e fortalece os músculos da face, facilitando o desenvolvimento da fala, regulando a respiração e prevenindo problemas na dentição.

·         O aleitamento materno cria um vínculo entre a mãe e o bebê, proporcionando maior união entre eles. As crianças amamentadas são mais tranqüilas, inteligentes e mais felizes.

·         A mãe que amamenta volta mais rapidamente ao seu peso normal. Reduzindo os riscos de diabetes e infarto cardíaco.

·         A amamentação ajuda a reduzir a hemorragia após o parto e previne o câncer de mama e de ovário.

·         A mãe, ao oferecer o seio ao seu filho, transmite segurança, prazer e conforto. Ocorre liberação de hormônios – as endorfinas que aumentam a sensação de prazer e felicidade para a mãe que amamenta. Além disso, melhora sua autoestima, ela sabe que o seu bebê está saudável porque está recebendo o alimento ideal: o seu leite!

Fonte: Atual propaganda e marketing- Karina Colado Dib.

5a4e2ef62da5ad73df7efe6e_edited.png
  • Instagram
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

© COPYRIGHT 2019, PORTALNMT

TERMO DE USO   |  PRIVACIDADE

WhatsApp-icone.png