Marca alemã de máquinas agrícolas terá produção no RS


O mercado de máquinas agrícolas ganhou novas matizes no Brasil. Com a apresentação da Fendt, a AGCO busca espaço no segmento das máquinas de maior potência. Para começar, serão três produtos, dois fabricados no Rio Grande do Sul. Da unidade de Ibirubá, sairão as plantadeiras. E de Santa Rosa, as colheitadeiras da marca alemã.

Para fazer a novidade acelerar, foram investidos R$ 150 milhões, dos quais R$ 120 milhões em solo gaúcho.


– Esses produtos não competirão com os das nossas outras marcas, a Massey e a Valtra – explica Luis Felli, CEO da AGCO na América do Sul.


Os tratores, primeiramente, serão importados. A Fendt é líder na Europa na categoria acima de 200 cavalos.


– Inicialmente, não fabricaremos aqui por se tratar de segmento de alta potência. Precisamos, antes, testar o mercado para justificar investimento desse tamanho – reforça Felli.


Os primeiros tratores da novata no mercado brasileiro foram negociados na Agrishow, feira realizada em Ribeirão Preto (SP). As demais máquinas da linha serão utilizadas em demonstrações ao longo do ano, entrando no circuito comercial brasileiro em 2020.


Como no segmento cada marca tem uma cor que a identifica, a Fendt traz a novidade do preto nas colheitadeiras e plantadeiras nas lavouras brasileiras.



Fonte: Gaúcha ZH