Museu Otto Stahl: “Era uma vez em Não-Me-Toque...” 4

@Facebook Museu Otto Stahl

@Autoria: Ernélio Kruger


A estação de inverno está com os seus dias contados e nós todos, crianças e adultos esperávamos a “Neve”, ela nos fascina pela novidade, apesar de conhecermos só o lado do divertimento que ela proporciona.


Se acontecesse sempre, o encantamento e a surpresa diminuiriam. As pessoas não iriam comemorar tanto assim se não conseguissem abrir a loja ou tirar o carro da garagem por causa da neve acumulada como ocorre em países em que a neve faz parte do cotidiano.


Mas a formação do povo Gaúcho ajuda a entender o encanto que acomete a todos nós quando o Estado se cobre de branco, pois a neve remete à origem europeia de grande parte dos rio-grandenses. Nesta postagem voltaremos a 1965, quando aqui em Não-Me-Toque ocorreu a maior nevasca registrada, teve início no dia 19 de agosto de 1965, às 20 horas e término no dia 20 de agosto às 15 horas.


Ainda está na memória daqueles que presenciaram aquele fenômeno.

5a4e2ef62da5ad73df7efe6e_edited.png
  • Instagram
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

© COPYRIGHT 2019, PORTALNMT

TERMO DE USO   |  PRIVACIDADE

WhatsApp-icone.png