top of page

Não-Me-Toque confirma caso autóctone de dengue

A Secretaria Municipal de Saúde de Não-Me-Toque confirmou na manhã de quinta-feira (17), o primeiro caso autóctone de dengue no município. A confirmação veio após análise realizada pelo Laboratório Lacen. Outras duas amostras foram encaminhadas ao laboratório e aguardam resultados.


Segundo a Secretária de Saúde, Liliane Erpen, o paciente, do sexo masculino, realizou a última viagem no dia 05 de fevereiro, ou seja, o caso é considerado autóctone – contraído no município. O paciente está medicado, apresentou poucos sintomas, demais contatos domiciliares não apresentaram sintomas. Liliane reforça também que em caso positivo, o paciente comunique imediatamente a Secretaria de Saúde do município.


O descuido com relação aos cuidados preventivos e o depósito de lixo e material inservível em locais e dias impróprios facilitam a proliferação do mosquito. Além disso, o grande fluxo de pessoas entre os municípios tem impacto no aumento no número de casos. Por isso, é importante estar bem informado sobre os locais que serão visitados, bem como os sintomas da doença. Dessa forma, a utilização de repelentes é uma maneira eficaz de prevenir a doença.


No inicio desse ano, a Administração Municipal em parceria com uma empresa de repelentes realizou a distribuição de repelentes adulto e infantil à população. Outras ações como campanhas, aplicação de veneno em pontos estratégicos estão sendo realizadas pela Saúde.


Este é o segundo caso de dengue em Não-Me-Toque no ano. O município registrou em 2022 um caso de dengue de um paciente que havia voltado de viagem do Mato Grosso. O último caso de transmissão autóctone havia sido em novembro de 2020.


Por Ascom Prefeitura de Não-Me-Toque

Kommentare


bottom of page