Não-Me-Toque contra as... baratas

#PortalEstaEmTudo


Você já deve ter percebido uma companhia desagradável e em grande número pela cidade de Não-Me-Toque e muitas outras na região, país e mundo, muito provavelmente bem próxima, na sua casa ou trabalho, estamos fazendo referência as baratas.


Na verdade, todas as pragas urbanas aumentam em épocas mais quentes e chuvosas. O calor faz com que os insetos e animais se proliferem mais.. As temperaturas mais altas facilitam a reprodução das baratas.


A dedetização anual realizada pelo município em bocas de lobo parecem não ter surtido grande efeito e é fácil de encontrar durante as noites a movimentação da incomoda companhia, seja nos bairros ou no centro da cidade, cabendo ao proprietário de cada casa buscar o melhor combate contra a praga.


As baratas são insetos de hábito noturno, durante o dia escondem-se em frestas de muros, em baixo de pedras ou em esgotos. Estes insetos tornaram-se domésticos e praticamente todas as residências convivem com este problema, que pode ser evitado e controlado.


Os cientistas provaram que essas pequenas criaturas podem sobreviver a um ataque nuclear e todos os desastres que a Terra já viu As baratas têm, em média, 3 a 4 anos de vida. Durante a fase adulta, geralmente a partir dos 2 anos, elas têm asas desenvolvidas. A natureza delas, no entanto, é de locomoção rápida com as patas.

A barata não deve apenas ser encarada como hóspede incômodo e indesejável, devido ao seu aspecto repulsivo e ao odor desagradável. Ela é um inseto nocivo à saúde em função de sua capacidade potencial de transmitir doenças.


Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), estes insetos são agentes transmissores de doenças causadas por bactérias, como a furunculose, lepra, tuberculose, poliomielite e diarreia.