top of page

Obras de ampliação da pista entre Passo Fundo e Tio Hugo atingem 10% da conclusão


Iniciadas há cerca de um mês, as obras de ampliação na RS-153 que conecta Passo Fundo a Tio Hugo atingiram 10% da execução do projeto em trechos intercalados entre subidas e pontos considerados delicados para ultrapassagem.


Com investimento de R$ 21,3 milhões, viabilizado através da fase complementar do programa Avançar RS do Governo do Estado, duas das 12 terceiras faixas previstas ao longo dos 39,9km de extensão da rodovia regional já foram iniciadas pelos 40 operadores contratados para a obra de infraestrutura rodoviária de terraplanagem, pavimentação asfáltica e sinalização, conforme estimou o titular da 6ª Superintendência do Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (DAER) de Passo Fundo, Luis Antônio Moreira Teixeira.


Segundo mencionou, o calendário prevê a entrega final em abril do próximo ano. “É uma obra muito importante que dará mais mobilidade porque vai possibilitar pontos de ultrapassagem, que hoje são poucos, e vai diminuir o tempo de viagem”, considerou Teixeira. Nas últimas semanas, relata, os trabalhos “não tiveram muita produção”, em razão da instabilidade climática que incidiu sobre as localidades da região.


Ainda assim, o superintendente explicou que, em função do maquinário na pista e da movimentação dos homens que atuam na intervenção, alguns trechos registram lentidão no tráfego em um dos sentidos com paradas alternadas de, aproximadamente, cinco minutos. “Em alguns casos, o trânsito está liberado em ambos sentidos”, afirmou.


Ordem de serviço


Ao reduzir o congestionamento no traçado que abrange o perímetro urbano de Passo Fundo, Ernestina e Tio Hugo, a construção das terceiras vias rodoviárias totalizam, juntas, 11km de extensão com seis pontos de ultrapassagem à direita, no sentido Passo Fundo-Tio Hugo, e seis à esquerda, no trajeto inverso.


Nesta etapa, a ordem de serviço para a execução da intervenção na rodovia estadual foi assinada pelo então governador Eduardo Leite (PSDB) no bloco de investimento complementar ao aporte de R$ 1,2 bilhão disponibilizado pelo Piratini para a recuperação das rodovias gaúchas administradas pelo DAER.


Integrante dos 74 segmentos contemplados na etapa 2, a RS-153 terá parte do asfaltamento renovado que permitirá dinamizar o fluxo de veículos que circulam pelo trecho, além de otimizar o escoamento da produção agrícola cultivada nos municípios que são atravessados pela rodovia, de acordo com o Governo do Estado.


A etapa 2 do Plano de Obras também prevê a destinação de R$ 71,5 dos R$ 371,1 milhões provenientes do Tesouro do Estado para convênios com 11 municípios. Nessa modalidade de parceria, o governo repassa recursos às prefeituras que, mediante contrapartida, ficam responsáveis por contratar e executar serviços viários.


(Foto: Luciano Breitkreitz/ON)

Fonte: O Nacional


Comentários


bottom of page