top of page

Onda de calor: Rio Grande do Sul deve ter temperatura máxima de 43 graus neste domingo

Em meio à nova onda de calor que atinge grande parte do País, o Rio Grande do Sul deve registrar temperatura máxima de 43ºC neste domingo (17). O pico é projetado pelos serviços de meteorologia para a cidade de Alto Feliz, no Vale do Caí. Em outros nove municípios gaúchos os termômetros tendem a indicar níveis acima de 40ºC.

Na lista estão Quevedos e Pinhal (ambas na Região Central do Estado), com 42ºC. A mesma temperatura está prevista para Campo Bom (Vale do Sinos) e Novo Tiradentes (Região Norte). Por fim, cinco cidades sofrerão comaté 41ºC: Santa Tereza (Serra Gaúcha), Osório e Três Forquilhas (Litoral Norte), Porto Xavier e Porto Lucena (Noroeste).

“O que se espera de calor para esta sexta-feira, sábado e domingo no Estado foge ao normal da climatologia histórica mesmo para o período de verão, prevendo-se temperaturas extraordinariamente elevadas em quase todo o território gaúcho”, ressalta a empresa Metsul Meteorologia. “Haverá máximas no fim de semana semelhantes às observadas no Centro-Oeste do Brasil durante as ondas de calor intensas da primavera deste ano. O calor na tarde de domingo será tão extremo que oferecerá risco à saúde e à vida.”

Já na segunda-feira (18), a combinação entre o ingresso de uma frente fria e o aumento de umidade, mais a virada dos ventos de sul a sudeste, tende a causar acentuado declínio nas temperaturas. O resultado será um clima mais ameno, se comparado ao cenário tradicional dessa época de fim de ano.

Cuidados

Os recordes de temperatura aumentam os riscos de incêndios e prejuízos à agropecuária, com a perda de produção e mortes de animais, dentre outros problemas. A sensação térmica muito alta também traz riscos à saúde, incluindo problemas como insolação. Confira algumas dicas do Ministério da Saúde:

– beber água e sucos naturais com frequência, mesmo quando se está sem sede;

– evitar bebidas alcoólicas ou açucaradas, a exemplo dos refrigerantes;

– priorizar refeições leves, inclusive saladas e frutas como melancia, melão e laranja;

– manter os ambientes úmidos com umidificadores de ar, toalhas molhadas ou baldes de água.

– tomar banhos frios ou com temperaturas mais baixas;

– evitar mudanças bruscas de temperatura.

– não se expor ao sol em horários mais quentes, muito menos realizar atividades físicas (sobretudo ao ar-livre);

– usar protetor solar, óculos escuros e chapéus.


POR O SUL




Comments


bottom of page