Outubro, mês da crianças:Como estão nossas crianças?


Como é bom chegar em um lar, em uma família e perceber que nela existem pessoas que proporcionam um ambiente adequado para que as crianças se sintam felizes, protegidas e amadas.


Estamos no mês missionário também. A missão começa na família. Felizes dos filhos que encontram em seu lar um porto seguro, de fé, aconselhamento, alegrias e fragilidades. Como é lindo ver as escolas, onde os professores fazem um trabalho maravilhoso com o incentivo e do cuidado com a vida e a vida do planeta. Quem não se encanta com uma criança com sua mochila, feliz, dirigindo-se para a sua escola, encontrando seus colegas e professores.


Mas, como estão as nossas crianças? Será que todas tem vida digna? Elas estão sendo bem geradas, tendo a possibilidade de viver? Ou alguma ameaça se manifesta? Estamos num período de eleições, então, na hora de votar, verifique qual candidato é a favor da vida ou se ele ou ela é indiferente a vida.


"Nas Ilhas Fiji, encontram-se inúmeras comunidades que têm em comum um grande apreço pelas crianças. Esse amor chega a tal ponto que, em algumas delas, a própria forma de saudação diferencia. Quando as pessoas se encontram, elas não se cumprimentam dizendo bom dia, boa tarde ou boa noite. A saudação se faz da seguinte forma: As crianças estão bem? Isso é motivo de alegria e de continuidade do diálogo. Se as crianças estão bem, tudo vai bem".


Que Nossa Senhora Aparecida abençoe todas as nossas crianças.


Texto: Frei Laerte Reis

5a4e2ef62da5ad73df7efe6e_edited.png
  • Instagram
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

© COPYRIGHT 2019, PORTALNMT

TERMO DE USO   |  PRIVACIDADE

WhatsApp-icone.png