Pastagens: alternativas para alimentação do rebanho

#PortalEstáemTudo

A pouca incidência de chuva traz uma questão importante para os produtores de leite: qual a melhor forma para manejar as áreas de piquete, para que o rebanho possa ter uma alimentação regular e saudável? Segundo o pesquisador e consultor da Transpondo, Wagner Beskow, o planejamento das áreas, com escalonamento de semeadura, escolha dos materiais, pode auxiliar os produtores neste período tão desafiador. “É importante que o produtor aproveite as oportunidades para estabelecer bem essas pastagens, seguindo as orientações técnicas. Uma vez esse trabalho esteja concluído, os demais manejos também devem ser estabelecidos, principalmente quando as condições de clima forem favoráveis”, explica.


Opções para o verão - milheto - sorgo forrageiro - capim sudão

Entrada no piquete

“Atenção para o ponto da pastagem no momento de entrada do rebanho. Para que as plantas apresentem bom porte para a alimentação, nesses períodos de estiagem a quantidade faz a diferença”, destaca Beskow.

Intoxicação por nitrito e nitrato

Um longo período de estiagem, seguido por uma chuva, pode causar problemas para o rebanho após a pastagem. Wagner Beskow chama a atenção para um tipo de intoxicação muito comum e que deixa os produtores em alerta, principalmente em período de baixa incidência de chuva.

“Com a presença da chuva a planta absorveu nitrogênio em forma de nitrato ou amônia. Porém, a pouca precipitação faz com que a planta interrompa o metabolismo e deixe o nitrogênio acumulado na pastagem. Quando o animal vai se alimentar dessa planta, acaba se intoxicando. Essa intoxicação pode causar falta de ar nos animais, podendo levar até a morte”, explica.

O que fazer?


A melhor saída é dosar a entrada dos animais nessas áreas, principalmente se eles estiverem saindo de uma dieta apenas com silagem ou ração. Outra dica é diminuir o teor de proteína da ração e, em caso de dúvidas, buscar informações com o profissional técnico da sua cooperativa.





Fonte: Assessoria de Imprensa e Marketing da Cotrijal