top of page

Polícia Civil investiga grave caso de estupro de adolescente de 15 anos em Espumoso

A Polícia Civil está empenhada em investigar um caso de estupro de vulnerável que ocorreu em Espumoso, no último domingo, dia 4 de junho. O registro do crime foi feito na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Soledade, e desde então as autoridades têm trabalhado para esclarecer os fatos e garantir a justiça para a vítima.

Segundo informações apuradas pela polícia, a vítima, uma menor de 15 anos, relatou que estava consumindo bebidas alcoólicas na companhia de alguns amigos quando, em determinado momento, perdeu a consciência. Ao recobrar a consciência, ela afirmou lembrar-se do abuso sexual sofrido e que teria sido filmada por um dos agressores. Existe a possibilidade de que os envolvidos tenham drogado a jovem através da bebida, o que agrava ainda mais a gravidade do caso.

Diante dessa grave denúncia, o registro da ocorrência foi encaminhado para a Delegacia de Espumoso, onde uma equipe de investigadores está empenhada em coletar provas, ouvir testemunhas e buscar informações que possam levar à identificação e responsabilização dos autores desse crime hediondo.

A Polícia Civil ressalta a importância de denunciar casos de abuso sexual e reforça seu compromisso em garantir a proteção e a segurança de todas as vítimas. Casos como esse merecem a devida atenção e empenho das autoridades para que os culpados sejam punidos e para que a sociedade se conscientize sobre a necessidade de combater e prevenir a violência sexual, especialmente contra menores de idade.

É fundamental que qualquer pessoa que tenha informações relevantes sobre o ocorrido entre em contato com as autoridades policiais, contribuindo assim para o avanço das investigações. O sigilo e a confidencialidade das informações são garantidos, a fim de proteger a integridade da vítima e facilitar o trabalho investigativo.

A Polícia Civil reitera seu compromisso em promover a justiça e a segurança para todos os cidadãos, especialmente para os mais vulneráveis, e não medirá esforços para que casos como esse sejam devidamente esclarecidos e os culpados sejam responsabilizados perante a lei.

Com informações: Fernando Kopper Fonte: Nayam Franco/Rádio Cristal Soledade



Comments


bottom of page