Policia Civil tem agilidade de trabalhos com atuação de estagiárias

A Delegacia de Policia Civil de Não-Me-Toque conta desde meados do mês de julho com o reforço de cinco estagiarias contratadas através do Grupo de Apoio a Polícia Civil.


As novas colaboradoras, universitárias de direito, tem como missão realizar o atendimento e dar o andamento burocrático as ocorrências que chegam a delegacia ou que fazem parte do arquivo de registros pendentes.


Quando o grupo começou seu trabalho o número de processos que aguardavam encaminhamento da Delegacia era de 1.800 ações. Passados pouco mais de 60 dias de trabalho este número já caiu para menos de 1.500 casos.


Além disso, com os estagiários realizando a parte burocrática dos trabalhos, os três policiais civis e o delegado passaram a ficar livres para trabalhar com investigações e combates ao crime em Não-Me-Toque.


As contratações foram viabilizadas graças a doação financeira de grandes empresas da cidade, que atenderam ao chamado do Grupo de Apoio a Polícia civil.


Na última semana foi aprovado pela Câmara de Vereadores de Não-Me-Toque um projeto encaminhado pelo executivo municipal e que dá condições do municipio firmar o convênio “Não-Me-Toque de Mãos dadas pela Segurança”, com o Estado do Rio Grande do Sul, por intermédio da Secretaria de Segurança Pública e com a interveniência da Polícia Civil. Na justificativa do projeto está a necessidade do ente público solidarizar-se para o incremento da segurança pública e apoio técnico à execução das atividades de segurança pública pelo órgão policial sediado no Município.



5a4e2ef62da5ad73df7efe6e_edited.png
  • Instagram
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

© COPYRIGHT 2019, PORTALNMT

TERMO DE USO   |  PRIVACIDADE

WhatsApp-icone.png