Presidente do Sindicato Rural reafirma a necessidade de decretar a situação de emergência em NMT

#PortalEstáemTudo


A reportagem do Portal NMT segue fazendo um levantamento da colheita da soja em Não-Me-Toque. Nesta quarta-feira (01), o contato foi com a presidente do Sindicato Rural de Não-Me-Toque, Teodora Lütkemeyer. Teodora, em vídeo, afirmou que cerca de 70% da área de soja está colhida. Conforme já apresentado pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Maiquel Junges, a média de produtividade é inferior a 35 sacas por hectare. "Tem áreas que o produtor está colhendo 15 sacas por hectare, em outras até menos. Com esses números, a queda de produção ultrapassa os 60%," destacou Teodora.


Entidades como Fetag e Farsul já acionaram o Governo Federal, através do Ministério da Agricultura para que haja uma renegociação dos custeios pecuários, dos meios agrícolas, além de todos os financiamentos, porém, segundo Teodora, as entidades ainda não obtiveram resposta.


O mesmo acontece no município de Não-Me-Toque. Teodora afirmou em entrevista, que o Conselho Municipal Agropecuário esteve novamente reunido no dia 16 de março para indicar a decretação do estado de emergência na agricultura de Não-Me-Toque por consequência da estiagem, mas até o momento não houve qualquer manifestação por parte do Executivo.


"Reafirmamos a necessidade de decretação de estado de emergência. Agora que os números são concretos, precisamos ajudar os produtores rurais que hoje estão sofrendo muito, e que mesmo assim não pararam de trabalhar. O agro não pode parar," finalizou Teodora Lütkemeyer, presidente do Sindicato Rural.


Assista a entrevista na íntegra:



5a4e2ef62da5ad73df7efe6e_edited.png
  • Instagram
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

© COPYRIGHT 2019, PORTALNMT

TERMO DE USO   |  PRIVACIDADE

WhatsApp-icone.png