top of page

Produtores de leite e familiares se aperfeiçoam em Produção de Derivados de Leite


O leite, alimento de excelente qualidade nutritiva que integra o agronegócio brasileiro, pode ser utilizado tanto "in natura" quanto processado em derivados, cuja forma agrega valores ao produto, aumenta a sua vida útil e diversifica os modos de consumi-lo.


Pensando em fomentar a cadeia produtiva do leite, profissionalizar pessoas, gerar produtos de qualidade e possibilitar aprendizado para produção tanto de consumo próprio como comercial, foi que o Sindicato Rural de Não-Me-Toque ofereceu através do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-RS) o curso de Produção de Derivados do Leite, nos dias 22 a 24 de junho, no pavilhão da Comunidade de São João do Gramado - zona rural do município.


Através dos ensinamentos do instrutor do Senar, Claudio Ribas Rocha - médico veterinário pós graduado em tecnologia de alimentos – os 10 alunos aprenderam em aulas práticas e teóricas as questões gerais de segurança alimentar e o processo de manipulação e fabricação dos derivados, como o queijo minas frescal, queijo ricota, requeijão cremoso, doce de leite, iogurte, rapadura, käs schimier, pasteurização da nata e fabricação de manteiga, entre outras receitas.


O curso gratuito foi ofertado para a comunidade em geral, mas teve participação em sua maioria de produtores de leite e familiares, que irão receber certificado de conclusão.


A turma que foi muito participativa e colaborativa, já manifestou interesse em realizar no próximo ano curso específico de fabricação de queijos.


Participantes:

  • Clarice Noeli Arnt

  • Claudia Adriana Görgen

  • Daniela Raquel Berwig

  • Eduarda Cavalli de Oliveira

  • Eduarda Loureiro

  • Geisa Fagundes da Silva

  • Geni Gomes Barboza

  • João Felipe Vogel Sabini

  • Josiane Petry Vergütz

  • Mayara de Aragão Raposo


Sindicato Rural NMT

Redação: Ana Cláudia Stumm


Comments


bottom of page