top of page

Supernova Cotrijal: Turma 1 visita empresas e startups do agronegócio


Dezesseis alunos da turma 1 do programa Supernova Cotrijal, estiveram nos dias 18 e 19/10, na região metropolitana (Porto Alegre e Canoas), visitando empresas e agtechs do agronegócio para conhecerem novas tecnologias.


Em visita feita na AGCO em Canoas, os alunos conheceram a fábrica e a área de produção, além de acompanharem palestras e apresentações dos profissionais da empresa sobre inovação e tecnologia no campo e o que virá nos próximos anos em termos de máquinas e implementos agrícolas. O aluno Thiago Gosh Braz, de Passo Fundo, disse que sempre teve a curiosidade de conhecer a fábrica onde são feitos os maquinários da sua família. “O conteúdo ensinado pelas empresas foi bem interessante, já que tudo é voltado para favorecer cada vez mais a vida do produtor”, enfatiza.


Na oportunidade os jovens assistiram palestras e apresentações sobre inovação e tecnologia no campo e o que virá nos próximos anos em termos de máquinas e implementos agrícolas. Conforme a coordenadora de Desenvolvimento Cooperativista (Decoop) da Cotrijal, Patrícia Mota Rosin, o objetivo da viagem foi possibilitar a interação com um ambiente tecnológico, além de ampliar horizontes. “Nossa ideia é trazer novas aplicações para seu contexto profissional e estimular, por meio de exemplos e apresentações de empreendedores, temas atuais de inovação e gestão”, disse.


A visita teve início com a apresentação das ações de inovação da Cotrijal, com Jonas Algeri, integrante do time de inovação da cooperativa. Entre os locais visitados esteve o Instituto Caldeira, a TecnoPuc, e a empresa de máquinas e equipamentos agrícolas AGCO. Esta é a primeira viagem das turmas integrantes do programa Supernova Cotrijal.


No mês de novembro será a vez das turmas 2 e 3. Para Paola Richter Londero, coordenadora da pós-graduação e professora da Faculdade de Tecnologia do Cooperativismo – ESCOOP, esta parceria já está colhendo bons resultados. “Parabenizo a Cotrijal por estar pensando na continuidade, na sucessão das propriedades. Nada como vivenciar o ambiente de inovação e empreendedorismo, e por isso esta missão técnica visou apresentar as novas oportunidades dentro do agro”, conclui.


A coordenação pedagógica é da Faculdade de Tecnologia do Cooperativismo (Escoop). Segundo Benísio Rodrigues, gerente de Marketing da Cotrijal, esta viagem demonstra que a cooperativa acredita no potencial de cada um desses jovens. “Eles são o futuro das suas propriedades e por isso, temos a preocupação de prepará-los para os desafios que eles terão no futuro, apresentando novas tecnologias”, pontua.


PROGRAMA SUPERNOVA


O programa Supernova Cotrijal conta neste ano com 121 jovens de toda a área de ação da cooperativa. Ele possui trilhas focadas no desenvolvimento profissional, no auxílio a sucessão familiar e no desenvolvimento de aspectos comportamentais dos jovens participantes, como liderança. Fonte: Assessoria de Imprensa e Marketing da Cotrijal





Kommentare


bottom of page