Carazinho confirma primeira morte por Covid-19

PortalEstáemTudo


A secretaria da Saúde de Carazinho recebeu há poucos instantes o resultado do exame do paciente que faleceu nesta semana com suspeita de Covid-19. Segundo a secretária Anelise Almeida o resultado deu positivo. O paciente era um homem de 67 anos que tinha comorbidades. Estava internado pela segunda vez no Hospital de Caridade de Carazinho. Na primeira internação, no início do mês, ele realizou teste que deu negativo.


No boletim diário sobre o Coronavírus divulgado mais cedo ainda não está contabilizado este óbito, mas três novos casos de Covid-19 estão na estatística desta quinta-feira (25), depois de 24h sem novos diagnósticos. Com a atualização de hoje, feita pelo Comitê de Combate ao Coronavírus, do município são 81 casos positivos.


O número de curados também subiu. De 54 apontados na terça-feira (23) agora são 56. Por outro lado, o índice de casos ativos – aqueles que estão em fase de maior risco de transmissão continua algo: 25 casos. Esta preocupação já havia sido externada nesta semana pela secretária da Saúde, Anelise Almeida.


Foi justamente o aumento substancial de casos nos últimos dias que levou o prefeito Milton Schmitz a readequar o decreto municipal que regula as atividades diante da pandemia de Covid-19. As principais determinações se referem ao novo fechamento de bares e pub’s que só poderão oferecer seus produtos através de tele entrega.


Além disso, as igrejas e templos religiosos que antes podiam receber até 30% da capacidade prevista, agora só podem permitir 25%.


O novo decreto também cita mais efetividade na fiscalização das medidas previstas, com a participação de órgãos da prefeitura, Ministério Público e Brigada Militar.


Segundo o boletim diário sobre o Coronavírus divulgado hoje, o Laboratório Central de Saúde Pública – LACEN-RS segue analisando 12 exames de pacientes carazinhenses. A instituição também negativou 126 casos. Foram realizados 442 testes rápidos que deram negativo para Covid-19. Durante o dia, 36 pessoas buscaram atendimento com suspeita de síndrome gripal e 165 pessoas estão em isolamento domiciliar, sendo monitorados pela secretaria da Saúde.


O número de pacientes internados também aumento. São 15, dos quais sete estão em hospitais de referência da região. Os demais estão no Hospital de Caridade de Carazinho – HCC: dois confirmados e seus suspeitos.

Fonte: Diário da Manhã